quinta-feira, agosto 09, 2007

Coda

E pronto, afinal durou mesmo uma semana. E para fechar isto um bocadinho mais levemente, deixo-vos um sambinha dedicado a todos os homens burros deste mundo. Os mais burros dos burros, porque não são realmente burros, antes escolhem sê-lo. Mais uma pergunta a la Manel: e haverá burrice maior? Por isso estas palavras na boca de um homem são um verdadeiro bálsamo. Mas também, não é um homem qualquer. Convosco, Chico Buarque de Hollanda.

Deixe A Menina.mp3

6 comentários:

Anonyma disse...

A cada dia aprendo quanto dos outros sou eu e quanto de mim são os outros...
Só assim me poderei ver completamente e só assim poderei ver os outros completamente...
Well come back.

Manel disse...

Obrigada. :)

João Barbosa disse...

...
.
.
.
pois!

polegar disse...

digamos que há burrices maiores mas assim de repente não me lembro de nenhuma mais lamentável.
somos todos uns bichos complicados. capazes de coisas lindas e horrorosas. mas sentimos.

agora samba, menina, samba.
deixa a tristeza cair-te em bagos de suor no chão. que evapore e vá chover para bem longe de ti.

katraponga disse...

Já passou...


Oh! Jardineira
Por que estas tão triste
Mas o que foi que te aconteceu
Foi a Camélia que caiu do galho
Deu dois suspiros
E depois morreu

Vem Jardineira
Vem, meu amor
Não fique triste
Que este mundo, é todo seu
Tu es muito mais bonita
Que a Camélia que morreu

Chico Buarque – “Já passou”

violeta13 disse...

em verdade te digo que só pode ser bom que aprendamos a viver em integridade connosco mesmas. lembras-te dos caminhos de pedras nos jardins de Macau? o percurso é doloroso, mas o final chega a ser estonteante de tanta leveza. abracemo-nos, que somos amigas é para isso, por isso abracemo-nos. juntas, e cada uma "por si", "em si", lá chegaremos.