terça-feira, maio 09, 2006

Blue!

Foi Keats, como poderia ter sido qualquer outro jogral de palavras. É azul porque se impôs azul, não só pelo título, será porventura do momento, ou talvez porque é a côr d@s moren@s, e das águas que se movem e se agitam e se acalmam, do meio aquático em que tudo nasce e da escuridão sideral em que tudo se perde. De qualquer modo, e após três anos de respiração conjunta, venha o ar do azul-água ou do azul-céu, abri mais este pulmão com que me apetece recomeçar, redemoinhar, re-azular. E agrada-me que se chame em inglês, se apresente em argentino e comece a falar em português. Como o cérebro e como o espírito, este espaço tem espaço para muitas tonalidades de azul, mas pouca paciência para fronteiras.

Sejam bem-vind@s. Segue a conveniente explicação para o título.

29 comentários:

violeta13 disse...

parabéns mamã :) e muitas felicidades!!!!

Rodrigues disse...

:):):)

Essa de o azul ser a cor d@s moren@s...

Manel disse...

É mentira, queres ver...? ;)

Rodrigues disse...

Então e eu? Como é que eu fico, pá?
Ok, não sou loura, loura... mas também não sou morena e ando quase sempre de azul. Queres ver que me fica mal, não? :P
Tch... ai!

Rodrigues disse...

Eeeeei! Onde está o meu outro comentário? O de resposta a este teu? O_o

Manel disse...

Tens razão, era eu que, nab@, ainda não tinha percebido como funcionam estes coments do blogger... isto de ficar sem croma de serviço de repente, tem que se lhe diga. :p

Agora já está, vão aparecer os comentariozinhos toooooooodinhos! :)

[se soubessem como eu andava triste por ninguém me comentar... :(:P]

Manel disse...

E sim, Rodrigues, o azul fica-te a matar. Mas tu não és loura nem morena... és tu, pronto.

Rodrigues disse...

Sou eu... tipo franco-flamenga. / :p

Truta Laranja disse...

Não ficaste nada sem croma de serviço! Era o que mais faltava...

Tou cá sempre para o que me queiras!
;)

Manel disse...

Eheh... Agora, em vez de croma de serviço, tenho croma de emergência. ;)

aroma a amora disse...

É qui bommmmm...uma página azulinha! Qui linda!!

Manel disse...

:))))) Bem-vinda!

pedro efe disse...

eu, para variar, passo ao lado das coisas sem dar conta delas...
salvam-me os bosses, trutas e demais escribas que por aí deambulam e me alumiam. eheheh

Anónimo disse...

damn!!! escrevi um comentário há 2 minutos atrás e perdeu-se algures no espaço sideral... lol

bem, resumindo o dito (mas resumindo mesmo, porque era ligeiramente extenso...), desculpava a minha distração e agradecia à gentil gente que por aqui vagueia o alumiar-me o caminho.
Tardei, mas em boa hora cheguei. :)))
pedro, o efe

pedro efe disse...

ups... apercebi-me agora de que isto tem uma lista de espera para aprovação, e que afinal os comentários não são comidos pelo monstro das bolachas... eheheh

(não... ainda não consumi nada hoje!)

pedro efe disse...

ps: linda, please delete the mess I made out of my clumsiness... beijo

Manel disse...

Espero que não aches foleiro da minha parte, mas todos os novos visitantes do Blue! têm passado pela mesma inquietação e achei a tua tão ternurenta e divertida que não me apeteceu apagá-la. Se fui uma pessoa horrível, diz-me, que eu apago. :)

E já agora, que se passa com o teu lado esquerdo, amiguinho?

E também já agora, lá para o verão tem de se combinar outro cumbíbio, carago! Eu já nem devo reconhecer os teus putos [sem falar nos teu gatos, eheh]. Grande beijo.

Rodrigues disse...

Siiiim, por favoooor! Outro cumbíbio!

Anónimo disse...

ehehehe... maravilhoso!

tu, uma pessoa horrível...?!? não diga disparates, menin@ de azul! ;)

quanto ao meu lado esquerdo, continua bem e recomendável. apenas assumiu outra forma de manifestação - eventualmente menos egocêntrica e exibicionista... eheh

e fica já aqui cumbinado o cumbíbio, lá para os lados da Aldeia, com grelhados, caipirinha e bicharada à mistura!
(data a acordar entre os demais intervenientes, conforme a disponibilidade de cada um...)

beijo grande e abraço possante,
efe

Rodrigues disse...

Boa... tudo coisas que eu não posso comer. :|[beicinho e amuo]

Anónimo disse...

não podes comer grelhados...? porquê?! o_O
homessa! então se fossem fritos já podia ser, era?
que tens tu contra umas beringelas, umas courgettes, uns pimentos, um funchozito, uns cogumelos, crepitantes nas brazas quentes, acompanhados de uma bela salada e de uma tábua de queijos variada... hum?
a caipirinha, se não te apraz, também não atrapalha ninguém. há sempre sumo de fruta, e mais sobra para os outros! :)))

(ah! e a bicharada não é para comer...)

Manel disse...

Ahahahah... :p


Bom, se calhar não é demais avisar, esta malta que tem andado muito pelos orientes... um gatito na brasa, enfim...

Rodrigues disse...

Não posso comer absolutamente NADA do que mencionaste. É a minha saúde que está em causa, o que hei-de fazer? Se houver cumbíbio lá terei de levar a minha comida atrás, que remédio... Macrobiótica oblige.

Manel disse...

Pois eu posso comer tudo isso e muito mais, nham!... :)

Manel disse...

[Bom, se calhar não posso, mas quero... :p]

Rodrigues disse...

Isso, isso... Vá, gozai! Gozai com uma mulher doeeeeeeenteeee... Coff! Gasp!

Truta Azul disse...

:-D É o que dá não comentar o primeiro sargo deste oceano! Já Madalena ficou com a melhor parte, e que não lhe será tirada, e eu perdi-me nos outros acima e deixei a animação toda a vosso cargo... Também não está mal, mas ficou-me a inquietação de nada ter dito no primeiro dos muitos e muitos... Ora bolas! :-)

esteban disse...

la carta publicada aqui con la firma de miguelito y dirigida a Mafalda la escribio el escritor Argentino Daniel balditarra,fue plagiada de su sitio web y publicada en diversos sitios web del mundo.
pero la verdad es que Daniel Balditarra y no miguelito escribio esta carta.
Esteban

Manel disse...

Obrigada, Esteban. Nunca pensei que fosse o Miguelito em pessoa que tivesse escrito a carta - obviamente - e está bem explícito no post que não sabia quem era o autor. Por isso, obrigada.