sexta-feira, fevereiro 06, 2009

italiana tirada à alemã

Finalmente uma carreira que nos vai permitir sentir a cafeína nas veias durante mais do que um rápido trago. Até dia 22, pronto, que dizer, no sítio do costume.

Toda a merda, como sempre, é bem-vinda. Estejam à vontade.



O Café
de Rainer Werner Fassbinder
tradução Claudia J. Fischer direcção Nuno M Cardoso com a colaboração de Ricardo Pais música VortexSoundTech desenho de luz Rui Simão preparação vocal e elocução João Henriques interpretação Fernando Moreira, Joana Manuel, João Castro, Jorge Mota, José Eduardo Silva, Lígia Roque, Marta Freitas, Paulo Freixinho, Pedro Almendra, Pedro Frias e Tatsumaki (música ao vivo)

6 a 22 de Fevereiro, no Teatro Nacional São João





Não é Milão, belo conde, é Turim. Turim, e não Milão.

3 comentários:

Rita disse...

Muita MERDA!!!! Vai lá à nossa casa comum que te deixei um docinho ;)

polegar disse...

um trabalho do camandro, carago! ;)

Manel disse...

:D Gostei tanto de te ter cá.


Se te apetecer ver a cena, assim em espectáculo mesmo, com lugar marcado e gongos e assistentes de sala fardados, avisa. Se te apetecer só o copo depois, ou o cafézito antes, também. ;)

Beijos.