terça-feira, junho 12, 2007

Da decadência física

É a última vez que pinto varandas de cócoras ao som de Buraka Som Sistema. O kuduro deixa sequelas inescapáveis e dolorosas. É por isto que quem se mete nestas coisas fica com aquelas coxas e nádegas gloriosas. Eu contento-me com uma varanda linda e soalheira, pronta para me receber com um bom livro numa espreguiçadeira.


Auch...

3 comentários:

violeta13 disse...

ai, que bom, pintar a casinha nnnova...
hi, hi, hi!!!

João Barbosa disse...

cito a letra dum outro kuduro: «Num vacila»

aroma a amora disse...

Deve-se dizer que ganhámos uns créditos no teu bairro por estar a ouvir B.S.S.! ;)