terça-feira, novembro 27, 2007

do narcisismo

É a vantagem de ser pau-de-virar-tripa: ao fim de quinze dias a "encher", entre contact improvisation, ioga e ai ki taiso, mais umas quantas improvisações bastante físicas, cada vez que me penteio ao espelho quase tenho vontade de me saltar pá espinha. Estou um verdadeiro Johnny Bravo, do you wanna see me comb my hair?



ADENDA: Mas estúpido estúpido é sobreviver relativamente incólume a tantos combates e depois lixar um dedo do pé no quarto do hotel...

3 comentários:

Tó Gomes disse...

do narcisismo é o que se fode, serão também masoquistas?

Manel disse...

Não, não somos masoquistas. Somos exploradores. É uma coisa diferente, embora também implique sofrimento.

aroma a amora disse...

Traz daí esses musculos para os apertar que se sente muita falta tua por estas bandas...