sexta-feira, outubro 20, 2006

Talvez fosse o que nunca poderia ter sido


Hammamet, Set.2006

"Houvesses ao menos tido consciência de que fomos feitos um para o outro e também tu poderias ter sofrido horrivelmente com a nossa impossibilidade."



...

Pronto. Quando não se sabe dizer, copia-se. Neste caso, um "nanoconto epistolar" de uma terra habitada por um inefável anacoreta.

3 comentários:

aroma a amora disse...

Que bonito...e que trágico também

aldina disse...

Talvez uma das impossibilidade mais duras da existência humana, destruidora de sonhos e sabe-se lá de mais o quê?... Quando ultrapassada para o reencontro da felicinade primordial pode ser uma das maiores forças...

Até sempre!

katraponga disse...

Isto faz-me pensar noutra coisa.