sábado, outubro 07, 2006

O mais puro plástico do Sahara, por um dinar.
para o Nic









Por um dinar, um olhar para a câmara. O sorriso, esse, não está à venda. Perdeu-se algures, entre dois grãos de areia.

2 comentários:

Rodrigues disse...

Miúdos bonitos, pá...

(Assim, até o plástico é bonito.)

Nic disse...

muito obrigado Manel!
fotografias lindissimas!
lindo momento, nao ha' dinheiro que o pague e nao ha' camara que o registe, mas tenho a certeza que os teus sentidos o gravaram bem em ti!

espero que um dia te possa mostrar o deserto outra vez!
bjs
:)