domingo, julho 08, 2007

Para recordar: o último dia.



Teatro Camões, 31 de Julho de 2005
o palco seguinte foi a rua, até que o sol se pôs definitivamente

4 comentários:

Laranja disse...

Dois anos depois, ainda custa a crer...

Vítor I. disse...

Qu'é qu'está a dizer?! Deixe-se de elitismos subsídiodependentes e vá ver o La Féria! Tenho pra mim (gosto tanto desta expressão!) que o homem inda há-de ser ministro da cultura.

patas disse...

e os danças ocultas ao fundo, que espectáculos fenomenais, que eram estes...

Manel disse...

Ainda me dói profundamente... Aliás, pelos vossos comentários, atrevo-me a dizer que ainda nos dói.