terça-feira, julho 17, 2007

A dolorosa clarividência

"Já cometi muitos erros. Tenho imensas dúvidas. Mas as minhas suspeitas são quase sempre acertadas. É um dom que odeio."

6 comentários:

polegar disse...

essa bateu fundo cá dentro...

Fernando disse...

Eh, pá, agora escrevem todos à Laurinda Alves - quem é que ela imita agora?

Manel disse...

Sinceramente, não sei qual é a relação do Mexia com a Laurinda Alves, mas eu cá nunca lhe escrevi.

Fernando disse...

Sou eu, o fernando, mas mudei de matrícula. Escrever «à Laurinda Alves» não é «para». É mais como bacalhau «à Brás». Acredita: escreves melhor que o Mexia. Não lhe mexas.

Fernando disse...

afinal não mudei de matrícula

Manel disse...

Eu sei quem és, tonto. E era um trocadilho. E escrevo lá melhor que o Mexia... [ó p'ra mim, corada].