quinta-feira, setembro 21, 2006

Chão de sal


Chott el-Jerid, o Deserto Salgado no Verão, no Inverno, o Lago Salgado; o céu é o das seis da manhã, quando a luz ainda não é suficientemente forte para desenhar falsas montanhas e oásis mentirosos nos incautos olhos dos viajantes;
11 de Setembro de 2006

4 comentários:

sael disse...

Tudo isso e os olhos meu amigo João rasos de agua ali ao meu lado, eu muda no lago que reflete o ceu ou o inverso? Nao sei...

Nic disse...

ah linda foto... faz-me lembrar ha' uns anos atraz quando a camioneta que nos levava de Tozeur para Sfax, avariou a meio da noite, no meio do sal... e eu por acaso estava com uma febre e delirava... a tua foto faz-me lembrar o que eu vi quando sai do autocarro, todo confuso sem saber o que era delirio ou realidade...

bem, so' vinha mesmo dizer que sim, linda foto dum momento magico e deslumbrante. esses dias na tunisia vieram um pouco dentro de ti, nao?

:)

Manel disse...

Obrigada pelos comentários. Tornam este post ainda mais especial para mim. :)


Vieram sim, Nic. Ainda não consegui escrever aqui sobre a viagem, e sinceramente não sei se vou conseguir. Mas sei que vou voltar, desta vez com mais tempo e sem qualquer interferência do Abreu - que só quer o seu.

Rodrigues disse...

:)



Um sorriso parvo de que não sabe o que dizer.